HC-UFU alcança níveis de excelência no tratamento da Síndrome Coronariana Aguda

Publicação: - 02/10/2019 - 14:08 - Última modificação 02/10/2019 - 14:08

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) recebeu uma importante homenagem durante o 74º Congresso Brasileiro de Cardiologia, realizado entre os dias 20 e 22 de setembro em Porto Alegre (RS). O serviço de cardiologia da instituição foi reconhecido em nível de excelência no tratamento da Síndrome Coronariana Aguda (SCA) pelo Programa Boas Práticas Clínicas em Cardiologia (BPC).

O BPC é a versão brasileira do programa Get with the Guidelines da American Heart Association (GWTG®) e é desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia e PROADI-SUS, sob a coordenação do Hospital do Coração (HCor). O Programa avalia se as práticas clínicas empregadas no hospital estão em consonância com as evidências científicas mundiais e ajuda a desenvolver uma série de iniciativas internas que auxiliam os profissionais de saúde no manejo de algumas doenças cardiovasculares. O resultado esperado é o melhor cuidado dispensado aos pacientes e maior capacitação dos profissionais envolvidos.

O Programa tem o objetivo de avaliar quais são as taxas de adesão às diretrizes assistenciais existentes para pacientes internados com SCA, Insuficiência Cardíaca (IC), Fibrilação Atrial (FA) ambulatorial e hospitalar, em algumas instituições que atuam no Sistema Único de Saúde.

De acordo com o cardiologista e professor Elmiro Santos Resende, coordenador do Programa no HC-UFU, com a implementação o hospital melhorou as taxas de adesão às diretrizes de atendimento da SCA ultrapassando a meta de excelência estabelecida em 85%: “Esse resultado significa que estamos aplicando as metas científicas reconhecidas internacionalmente para o tratamento de pacientes internados com Síndrome Coronariana Aguda. Esta é uma conquista de toda a equipe de preceptores, técnicos, residentes e estudantes que trabalhou em conjunto para atingirmos esse resultado”, comentou.

O programa verificou e reconheceu o mérito do HC-UFU ter ultrapassado a meta de excelência prevista na SCA por três meses consecutivos. O desafio agora é manter os índices obtidos e, gradativamente, também alcançar o índice de excelência na IC e na FA. As ações para isso continuam e contam com o apoio de toda a gestão do HC-UFU.