HC-UFU promove XXII Semana da Amamentação

Publicação: - 27/07/2020 - 11:57 - Última modificação 28/07/2020 - 15:10

  “Apoiar a amamentação para um planeta mais saudável”. Este é o tema da Semana da Amamentação que acontece, anualmente, em mais de 120 países, no mês de agosto. A escolha do tema, deste ano, está relacionada com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, um plano de ação para pessoas, planeta e economia sem destruição da natureza. A proposta é informar sobre os vínculos entre amamentação e meio ambiente e estimular ações para melhorar a saúde do planeta e das pessoas através da amamentação.

Em Uberlândia, o evento está na 22º edição e é promovido pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU) com o apoio da secretaria Municipal de Saúde. Por causa da pandemia, terá um seminário online no dia 06 de agosto, às 15h, e não haverá ações presenciais no HC-UFU.

Durante o seminário online, o presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Luciano Borges Santiago, irá abordar o tema “Apoiar a Amamentação para um Planeta mais Saudável”. “Amamentação nos tempos de Covid” será o assunto de outra  palestra proferida pela professora da Universidade de São Paulo e médica do setor de Neonatologia do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, Walusa Assad Gonçalves Ferri.

O seminário é aberto a toda comunidade e pode ser acessado pelo link: is.gd/SemanaAmamentacao

 

Amamentação na pandemia

De acordo com a Organização Mundial da Saúde o leite materno é a melhor fonte de nutrição para os bebês, incluindo filhos de mães com suspeita ou confirmadas para a Covid-19. Os benefícios da amamentação superam quaisquer riscos potenciais de transmissão do vírus através do leite materno. De acordo com os especialistas, até o momento, o novo coronavírus não foi encontrado em amostras de leite humano. O principal risco de contaminação é pelas vias respiratórias de mães infectadas. Neste caso, recomenda-se que mães com Covid-19 amamentem usando máscara facial, cobrindo completamente nariz e boca e lave as mãos por 20 segundos antes de tocar o bebê ou extrair o leite materno.