HC-UFU recebe ações de eficiência energética da Cemig

Publicação: - 23/10/2019 - 14:56 - Última modificação 23/10/2019 - 14:56

Novos equipamentos demandaram investimentos de R$ 1,6 milhão e vão contribuir para reduzir o consumo de energia elétrica na instituição

 

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) está modernizando o centro cirúrgico e a lavanderia com novos equipamentos doados pela Cemig. Os investimentos foram apresentados hoje (23/10) pelo reitor da UFU, professor Valder Steffen Júnior, e pelo gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, no Anfiteatro do Hospital de Clínicas, localizado no Campus Umuarama.

As ações de eficiência energética contemplam a instalação de quatro focos cirúrgicos – com tecnologia led e cúpulas de iluminação que permitem variação da temperatura e da cor da luz incidente sobre o campo cirúrgico – e três autoclaves, que são aparelhos usados para esterilizar instrumentos e equipamentos cirúrgicos.

As dependências do HCU também receberam nova iluminação de led. Ao todo, foram instaladas 10.920 lâmpadas tubulares com tecnologia led de alto rendimento, dispensando o uso de reatores e lâmpadas fluorescentes tubulares. As melhorias na iluminação, centro cirúrgico e lavanderia do hospital totalizaram investimentos de R$ 1,6 milhão.

Segundo o gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, as novas autoclaves – duas com capacidade de 700 litros e outra, de 540 litros –, vão otimizar o tempo para a esterilização, oferecendo mais agilidade aos processos hospitalares e contribuindo para a redução do consumo de energia. Já os focos cirúrgicos são equipamentos modernos que devem garantir mais conforto e segurança durante a realização de procedimentos cirúrgicos complexos.

Essas ações fazem parte do Programa Energia Inteligente da Cemig e têm como objetivo contribuir para reduzir os gastos com a energia elétrica, ampliando o orçamento dos hospitais para investimentos na melhoria do atendimento à população.

Para o reitor Valder Steffen Júnior, além do benefício direto que vem com a melhoria da qualidade da iluminação, há outros aspectos que são influenciados positivamente com o programa. Ele cita a melhoria da segurança, o menor impacto provocado por resíduos tóxicos, a menor necessidade de manutenção e, finalmente, a redução nas contas de energia elétrica.

 

Campus Santa Mônica

A UFU captou, na Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética de 2018, recursos superiores a R$ 3,4 milhões para a modernização da iluminação do Campus Santa Mônica. Com a proposta, serão substituídas 31 mil lâmpadas ineficientes e de alto consumo energético por outras de tecnologia led. Com isso, haverá redução no consumo de energia e dos gastos da instituição com a conta de luz e, ainda, mais qualidade, conforto e segurança para o grande contingente de pessoas que circulam diariamente no Campus Santa Mônica.