HCU recebe representantes de hospitais para conhecerem Serviço de Atenção Domiciliar (SAD)

Publicação: - 18/07/2019 - 13:10 - Última modificação 18/07/2019 - 13:10

O Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU) recebeu nos dias 17 e 18 de julho a visita de representantes de 12 hospitais de São Paulo, Bahia e Acre. Eles estão conhecendo o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD-HCU-UFU) que é referência para o Ministério da Saúde e realiza a desospitalização de pacientes, adultos e crianças, que necessitam de equipamentos de suporte à vida, como a ventilação mecânica.

As visitas fazem parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proardi/SUS) que foi lançado em 2008, pelo Ministério da Saúde no qual, instituições hospitalares, sem fins lucrativos, desenvolvem projetos utilizando as suas competências para qualificar o SUS em todo o Brasil.

O gerente da Atenção Hospitalar do HCU, Laerte Borges Júnior, destaca que a visita é uma oportunidade de compartilhar novos conhecimentos. Jaziane Almeida Portela, da Bahia conta que já tinha ouvido falar sobre o trabalho desenvolvido pelo HCU e que quis conhecer pessoalmente para levar uma bagagem nova e tentar implantar algumas ações em Ilhéus.

O Serviço de Atenção Domiciliar do HCU-UFU existe desde 1996 e em 2013, passou a integrar o Programa Melhor em Casa. Desde então, o hospital tem duas equipes que atendem crianças e adultos em ventilação mecânica, oxigenoterapia  e antibioticoterapia.

Atualmente, o SAD-HCU-UFU atende 115 pacientes dando a eles a oportunidade de resocializarem e estar mais tempo com a família, o que é de extrema importância para os pacientes.

Christielle de Silva Montenegro, coordenadora e enfermeira assistencialista em Rio Branco, no Acre, reconhece a importância do programa para o paciente. “Ele devolve a qualidade de vida, possibilitando a vivência da união familiar”, afirma.

O SAD-HCU-UFU é composto por uma psicóloga, um assistente social, cinco fisioterapeutas, três enfermeiros, sete técnicos e auxiliares de enfermagem, quatro médicos, uma nutricionista e três funcionários administrativos.  O serviço funciona todos os dias, inclusive final de semana e feriado, das 7h às 22h.