Sobre o Renatrans

No dia 30 de outubro deste ano, a Universidade Federal de Uberlândia sediou a II Reunião para estruturação da Rede Nacional de Medicina Comparativa e Pesquisa Translacional (I RENATRANS). Essa contou com a participação de representantes da PROPPs das Universidades Federais de Uberlândia (UFU), de Santa Catarina (UFSC), de Curitiba (UFPR), Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade do Estado de São Paulo (UNESP), assim como da FIOCRUZ. Nesta oportunidade, foram elaboradas estratégias efetivas para o funcionamento da Rede, por meio da integração e aproximação entre pesquisadores, representantes de agências de fomento, Pró-Reitores de Pesquisa e docentes do ensino superior, assim como, da criação de um regimento interno. Foi então instituída a rede Nacional RENATRANS, com o objetivo principal de aproximação das áreas pré-clínica e clínica, para o avanço da ciência!

Uma primeira reunião já havia sido realizada no dia 16 de março deste ano, também sediada na Universidade Federal de Uberlândia. Nesta oportunidade, a temática da Medicina Comparativa e Translacional foi definida e contextualizada historicamente quanto a sua evolução tecnológica.